Doce veneno

from by Cidadão Plebeu

/

lyrics

Sei que sou incompreensível
Tudo leva a crer que sou insensível
Até demais
Ideias banais e destorcidas
Cabeça no futuro com os pés no passado
Destruíram a mim e à você
Tão carente ao ponto de mudar de opinião

Sonhando que seríamos um só
Mas o movimento do mundo
Aqui estou, mundo girou, não nos deixou
No mesmo lugar
Onde vamos parar

Sei que sou incompreensível
Tudo leva a crer que sou insensível
Até demais
Feridas que não cicatrizam
E jamais eu saberei como sarar

Sonhando que seríamos um só
Mas o movimento das ondas
não nos deixou no mesmo lugar
e aqui numa situação
Aonde vamos parar

Agora desce sobre mim
Meu próprio veneno
Vozes no escuro não soam tão bem

credits

from A vida vai ensinar, released March 23, 2015

tags

license

all rights reserved

about

Cidadão Plebeu São Paulo, Brazil

Cidadão Plebeu é:

Sócrates Cabral
Daniel Moura
Rafael Ramone
Daniel Soares

contact / help

Contact Cidadão Plebeu

Streaming and
Download help